Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Técnica do Pomodoro!

Quinta-feira, 17.03.16

Técnica Pomodoro!


Já ouviram falar? Desenvolvida por Francesco Cirillo no final dos anos 80, a técnica do Pomodoro promete aumentar a produtividade. O autor da técnica, na altura da faculdade, estava com dificuldade em rentabilizar o estudo. Olhou para o cronómetro em forma de tomate ("pomodoro" em Italiano) e decidiu testar-se: conseguiria estudar 10 minutos sem nenhuma interrupção? Marcou o timer e fez o exercício. E assim nasceu a técnica pomodoro, cujo método se baseia na ideia de que fazer pausas com frequência melhora a agilidade mental e permite melhores resultados, pois nunca se excedem os limites de concentração.

Podemos usar a técnica nos estudos, trabalho ou até em casa, com as nossas tarefas diárias.

E como funciona a Técnica do Pomodoro?

1- Fazer uma lista das tarefas a desenvolver e atribuir um tempo para fazer cada uma delas (mais ou menos o tempo que acha que se vai usar com cada tarefa)
2- Ter um cronômetro, ou aplicação no telemóvel, ou ainda mais fácil, um Pomodoro de cozinha (pelo menos não gasta bateria); 
3- Trabalhar 25 minutos na mesma tarefa, sem parar por motivo nenhum;
4- Quando o alarme tocar (no fim dos 25min = 1 pomodoro) fazer uma pequena pausa, de 3 a 5 minutos;
5- Repetir o procedimento;
6- Ao fim de 4 pomodoros (4 períodos de 25 minutos), fazer uma pausa maior, entre 15 a 30min;
7- Ao concluir a tarefa, faça um X no papel das tarefas, assinalando que esta foi concluída.

No meu caso, uso no trabalho, consigo gerir o tempo muito melhor e os resultados não se fazem esperar. Embora tenha que melhorar a quantidade de pomodoros ao longo de um dia de trabalho. Não se conseguem resultados óptimos em pouco tempo. Temos que nos adaptar ao sistema, mas chegamos ao fim do dia e contamos quantos pomodoros fizemos. Isto sim, tem graça e satisfação. E temos noção do tempo que gastamos em actividades supérfulas e/ou que podem ser realizadas depois, nos intervalos de 5 ou de 30 minutos. Estou a adorar a técnica do Pomodoro e aconselho vivamente!

fa62e3ba-cefe-4009-b925-bca64eae604311.jpe

Este é o meu querido Napoleão, que está comigo no Armazém 9 e faz um óptima parceria comigo!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Lia Pedrosa às 09:35

Página Facebook Conversas à Janela

Quarta-feira, 16.03.16

Olá!!!!

Já há muito tempo que era para ter uma página do Conversas à Janela. Na semana passada construí a página, ainda tenho muitos poucos seguidores mas também não é a quantidade que interessa, não é verdade?
Muitas vezes não tenho tempo de postar a partir do blog, por causa da edição de imagens ou texto. Para carregar imagens fica muito pesado através do Ipad e dá erro.
Assim vocês podem acompanhar-me nos dois locais! Espero que visitem a página em breve!

Facebook_logo-4.jpg

 

Facebook Conversas à Janela 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Lia Pedrosa às 17:26

Serra da Freita - Arouca

Domingo, 06.03.16

Hoje foi dia de passeio e a zona escolhida foi a Serra da Freita - Arouca. Já é a terceira vez que vou e não me canso. Há imensa coisa para ver, para fotografar, por descobrir. Este ano quero voltar, para ir com a minha família fazer os famosos Passadiços do Paiva.

mapa.jpg

A Serra da Freita faz parte do Maciço da Gralheira, juntamente com as Serras da Arada e do Arestal e alguns dos seus cumes ultrapassam os 1000 metros. Ao longo da sua vasta extensão encontram-se alguns dos mais emblemáticos pontos de interesse geológico do Arouca Geopark, como a Frecha da Mizarela, as Pedras Parideiras e as Pedras Boroas.

Mizarela3.jpg

 A nossa ideia foi ir com calma, sem grandes gps´s ( mentira... tive mesmo que me socorrer do gps algumas vezes...). 

Saímos de Coimbra em direcção a Oliveira de Azeméis e depois Vale de Cambra.

A primeira paragem foi na aldeia da Mizarela. Uma aldeia tradicional, carregada de histórias e tradições, e com paisagens de cortar a respiração. Almoçámos aqui, no restaurante Ponto Alto. Aconselho vivamente, tem uma relação qualidade/ preço muito boa.

ponto alto.jpg

Estava ansiosa por mostrar as Pedras Parideiras ao C., um fenómeno de granítização único no mundo. Já tinha estado na aldeia da Castanheira há muitos anos, com a minha família mas ainda não havia a Casa das Pedras Parideiras - Centro de Interpretação. Gostei de ver a apresentação em 3D sobre o fenómeno, foi muito clara.big_1282899560.jpg

 

Imagem retirada do site Geoparque Arouca 

De seguida fomos ver as Pedras Boroas (embora na sinalização de estrada esteja designado como Pedras Broas). As Pedras Boroas correspondem a dois blocos graníticos, os quais apresentam uma alteração em fissuração poligonal que lhes confere semelhanças com as côdeas de broas de milho. Estava um frio cortante e ainda vimos bocadinhos de neve mas valeu a pena.

Boroas.jpg

 

Por fim subimos à Vila de Arouca para lanchar e comer alguns dos tradicionais doces conventuais. Escolhemos morcelas doces e fatias de Pão de Ló húmido. É daquelas coisas que não podem falhar nos nossos roteiros....somos tão gulosos.

12806107_822135514580452_7252818878132250971_n.jpg

 Foi um dia bem passado e ficou muito por descobrir. Vamos esperar por dias mais quentinhos para voltar!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Lia Pedrosa às 21:51





mais sobre mim

foto do autor



pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Direitos de Autor

Os textos e parte das fotos que aqui são publicadas são da minha autoria, tendo por isso os direitos reservados. Não autorizo a sua publicação sem que haja um pedido prévio e consentimento da minha parte. As fotos retiradas da Internet foram consideradas do domínio público e, sempre que possível identificado o seu autor.

Google Analytics


Blogs Portugal


Visitas





comentários recentes

  • Lia Pedrosa

    Espero também o adorar e ficar viciada com ele!&nb...

  • Joana Marques

    Uso desde os meus 18 anos, tenho 35! Não consigo p...

  • Lia Pedrosa

    Olá! Foi no Parque de Estacionamento, mesmo pertin...

  • Dylan

    Foi fácil estacionar no Creiro? Na estrada ou naqu...

  • Just_Smile

    Estou ansiosa por ver este filme :)

  • Lia Pedrosa

    Acredito, e o livro está fantástico. Era um sonho ...

  • Just_Smile

    Ai adoro isto dá imenso jeito para as minhas sessõ...

  • Just_Smile

    Isso é porque não conheces a A3, há uma saída que ...

  • Sofia Margarida

    É verdade :)

  • Lia Pedrosa

    E garanto que ao vivo as imagens ainda são mais ma...




subscrever feeds